A popularização do home office está abrindo muitas possibilidades para as empresas neste novo cenário de reestruturação trabalhista no Brasil.

Conforme sobe o número de profissionais em busca de mais equilíbrio entre vida profissional e pessoal, cresce também a quantidade de empresas que adotam políticas flexíveis e percebe os benefícios financeiros. Se você se interessou pelo modelo e quer saber mais, confira esse artigo preparado especialmente para falar sobre as vantagens da adoção do home office pelas empresas.

A melhor política de home office

Quando se trata de política de home office, não há como determinar a melhor metodologia – tudo depende da natureza das operações de sua empresa e do estilo de trabalho de cada um. É claro que existem muitos funcionários que não conseguem lidar com o conforto de estar próximos do sofá e da televisão de casa, enquanto outros acham que é uma luta permanecer focado entre conversas de escritório e outras distrações.

Mas um estudo da Universidade de Illinois apurou que funcionários que fazem home office se sentem mais realizados: estes profissionais se esforçam para serem vistos como produtivos e bem-sucedidos pela empresa, como uma forma de justificar seus acordos de trabalho flexíveis. Então o segredo de uma política eficaz de home office é organizar o fluxo de trabalho corretamente e criar diretrizes claras sobre a produtividade e o compromisso com a qualidade.

Home Office e a legislação trabalhista

O número de empresas que passaram a adotar o regime de home office para seus funcionários cresce a cada dia. Os benefícios chamam a atenção: flexibilidade para os funcionários, economia para a empresa e aumento de produtividade para os dois lados da relação são bons exemplos.

A mudança realizada na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), em 2011, já equiparava os direitos dos profissionais que trabalham remotamente aos que atuam in loco. E a Reforma Trabalhista, que entrou em vigor agoara em novembro de 2017, tornou o modelo ainda mais interessante – tanto para as empresas quanto para os funcionários.

Isso significa que os funcionários mantêm o direito a salários iguais, férias, FGTS, 13º salário, vale alimentação, intervalo para almoço e direitos previdenciários, como o auxílio-doença. A Reforma extinguiu o controle da jornada  e, consequentemente, a obrigatoriedade das horas extras quando se trata do teletrabalho. E também os gastos com equipamentos, infraestrutura e despesas em geral, além do próprio modelo de contratação em home office, deverão obrigatoriamente estar previstos em contrato.

Com a chegada da Reforma Trabalhista, a tendência é que surjam novos modelos de contratação. Isso vai aquecer o mercado e gerar novas vagas de emprego – especialmente neste formato de home office.

Vantagens do modelo home office para a sua empresa

Trabalhar em casa traz uma série de benefícios tanto para a empresa quanto para os funcionários. E muitos deles tornam-se vantagens competitivas para a empresa frente à concorrência. Veja mais a seguir:

Equipe mais especializada

O modelo de home office permite à sua empresa oferecer contratações mais competitivas, que atraem e retém talentos que não se encaixam nos modelos convencionais de contratação. Mães que saíram do mercado de trabalho por não conseguirem conciliar a rotina de mãe e profissional, portadores de deficiência física que possuem dificuldades de deslocamento e profissionais que procuram por mais qualidade de vida.

Esse modelo beneficia especialmente as empresas de contact center, que poderão contar com profissionais mais experientes e qualificados, que proporcionarão aos clientes um atendimento de maior qualidade, mais técnico e eficaz. O que ajuda a ampliar os níveis de satisfação do consumidor com a empresa.

Mais economia no dia a dia

Adotar o home office permite que sua empresa economize com custos de infra estrutura, transporte, suporte, entre outros.

Mas isso vai além: sem a necessidade de acomodar funcionários, é possível reduzir custos com a locação e manutenção de um escritório (ou cortar completamente, dependendo da atividade e das demandas da empresa), com equipamentos, móveis, decoração, entre outros.

Mais produtividade

Todos esses fatores mencionados acima podem ser resumidos no aumento produtividade. Funcionários felizes e motivados produzem mais, se sentem mais realizados e reconhecidos.

O resultado disso é que sua empresa ganha em produtividade, otimização de recursos, na geração de produtos e serviços melhores, que podem contribuir positivamente para seu posicionamento no mercado.

 

Como implementar o Home Office na sua empresa.Confira:

Motivos para sua empresa optar pelo home office

Rolar para cima