Por que cada vez mais empresas adotam o home office

Home office: para muitos talvez essa ainda seja uma expressão pouco conhecida, porém, é desejada pela maioria dos trabalhadores que buscam flexibilidade no trabalho. Imagine poder realizar as suas tarefas ou parte delas da sua casa, sem precisar ir ao escritório todos os dias e enfrentar o trânsito?

O que para muitos parece um sonho, já é realidade para 37% das empresas, segundo dados da pesquisa Home Office Brasil 2016, da SAP Consultoria em RH. Isso mostra uma transformação nas relações trabalhistas e que tem proporcionado resultados bastante positivos, tanto para trabalhadores como empresários.

Uma das empresas que trabalha com a modalidade home office há algum tempo é a Home Agent e os resultados por ela conseguidos são bastante satisfatórios.

Mas, afinal, quais são os benefícios conseguidos com essa modalidade e o que muda com a flexibilidade no trabalho? Confira alguns deles:

Aumento de produtividade

O ganho da produtividade é evidente e acontece por conta de diversos fatores, sendo um deles a flexibilidade no trabalho. Por não precisar enfrentar trânsito, sair cedo de casa e chegar cansado ao trabalho, o funcionário passa a ser mais produtivo e consegue realizar mais tarefas em um menor tempo.

Existe também a preocupação de que não esteja fazendo bem o seu trabalho ou que os gestores achem que sua produtividade é baixa. Isso gera mais comprometimento em realizar bem as tarefas e não deixar de produzir o esperado.

A Home Agent consegue uma produtividade 30% maior do que seus concorrentes e ainda mantém um índice elevado de qualidade, eficácia e pessoal satisfeito.

Economia para a empresa

A economia para a empresa pode ser grande, pois, não há a necessidade de manter uma estrutura física grande devido a flexibilidade no trabalho. Os escritórios podem ter o seu tamanho reduzido quando se opta trabalhar com o home office. A redução de valores também pode ser percebida em outras contas como energia, água, cafezinho e outras.

O gastos com transportes também diminuem, pois não é preciso ir até a empresa todos os dias. Em alguns casos 90% do trabalho pode ser realizado a distância. Essa acaba sendo uma boa opção para enfrentar a crise econômica sem que haja a necessidade de reduzir o número de funcionários e comprometer as atividades.

Em um call center como o proporcionado pela Home Agent é possível ter uma economia de até 50% em relação ao modelos tradicionais. O resultado é que o retorno sobre o investimento ocorre em um menor espaço de tempo.

Aumento da satisfação e engajamento

Essa é uma conquista para os colaboradores que acabam ganhando mais qualidade de vida. Das empresas pesquisas, 85% delas apontaram a satisfação e o engajamento como sendo o principal fator para adotar o home office.

Na Home Agent isso pode ser percebido pelo baixo nível de absenteísmo e turn over. Enquanto a média do mercado é de 10% e 15%, nela fica em torno de 1,7% e 2% respectivamente.

A retenção dos colaboradores, em parte, ocorre devido ao aumento da qualidade de vida e ganho de tempo na rotina.

Promoção por meritocracia

Fica claro para os funcionários a forma de promoção, uma vez que ela ocorre por meio de indicadores. Não existe a política do “QI” e do relacionamento, nesse caso somente quem desempenha um bom trabalho é reconhecido. A meritocracia é o principal fator analisado no momento da pessoa conseguir um novo cargo.

Redução de problemas com locomoção

Um dos grandes problemas enfrentados pelas empresas são os atrasos e faltas decorrentes de problemas com o trânsito e transporte público. Uma vez que esses deixam de fazer parte da rotina, não se tornam uma barreira.

Os atrasos não mais correm, já que as pessoas não ficam presas no congestionamento. Ele também deixa de ser um desgaste na rotina, isso porque, algumas pessoas chegam a perder 4 horas no dia indo e voltando do trabalho.

Plano de contingência com a flexibilidade no trabalho

Os profissionais que optam pelo home office possuem maior qualificação do que os trabalhadores dos call centers tradicionais. Isso ocorre porque eles estão em busca de uma melhor qualidade de vida e passam a ser mais exigentes com o modo de trabalho e função que desenvolverão.

Esse grupo mais qualificado consegue agir melhor em situações nas quais ocorra algum evento que impossibilite o funcionamento rotineiro da empresa. Eles estão preparados para atuar com um plano de contingência enquanto a situação é resolvida evitando a parada total do atendimento. Além disso, a operação descentralizada aliada a boas estratégias, evita um colapso total da operação.

O home office é cada vez mais usado pelas empresas, tanto que está sendo previsto na nova legislação trabalhista. Além de proporcionar flexibilidade no trabalho, garante uma série de benefícios para empresas e funcionários. As organizações que querem se manter competitivas e possuir funcionários engajados já o utilizam.

Para melhorar as soluções de atendimento ao cliente da sua empresa e a retenção de clientes, considere a terceirização de call center.

Saiba agora como viabilizar um atendimento noturno rentável na sua empresa! Baixe agora nosso e-book gratuito!

 

Rolar para cima