Home office proporciona mais qualidade para o atendimento aos clientes

Para muitas pessoas, o trabalho dos sonhos é aquele que pode ser realizado em casa com inúmeros benefícios, incluindo principalmente o de não precisar se locomover e conseguir trabalhar com mais foco em suas tarefas. Embora possa exigir maior senso de organização e rotina no início, o trabalho home office oferece muitas vantagem para as empresas de diversos segmentos.

Nesse contexto, a organização se beneficia com o fato de que não há necessidade de instalação em locais estratégicos, como cidades com grande número de universitários, havendo ainda diminuição do número de demissões e novas contratações, uma vez que o perfil do colaborador é diferenciado, contribuindo para o sucesso dos negócios e cumprimento das metas. Saiba mais sobre esse perfil a seguir.

O perfil do profissional de call center que trabalha home office

É fácil apresentar as diferenças entre os profissionais que prestam atendimento em home office e os do mercado tradicional de call center.

Quando se trata de contratar colaboradores para o modelo tradicional de trabalho, os call centers tendem a enfrentar obstáculos como:

  • Problemas de comportamento;
  • Alto investimento em treinamento;
  • Alto turnover, uma vez que as pessoas tendem a utilizar a vaga oferecida como um “trampolim” de empregos;
  • Necessidade de se instalarem em cidades com grande número de universitários, aumentando as chances de atrair candidatos;
  • Dificuldade em atrair colaboradores com boa qualificação experiência.

Ao contratar colaboradores que prestem atendimento ao cliente no modelo home office, porém, esses problemas são automaticamente sanados, justamente por conta do perfil dos mesmos. Com essas iniciativa, sua empresa passa a se beneficiar da colaboração de profissionais que buscam se manter em suas posições ao invés de utilizarem o emprego como “trampolim”, contribuindo ainda com um maior grau de experiência e qualificação.

São profissionais que dão prioridade por estar perto da família, longe do caos urbano e dos problemas de locomoção e que, portanto, não se candidatariam a trabalhar em call centers tradicionais. Esse tipo de contratação, portanto, resolve também a questão estrutural muitas vezes enfrentada pela indústria de atendimento ao cliente, reduzindo o turn over e garantindo altas notas de qualidade com produtividade superior.

O trabalho home office é mais produtivo do que trabalhar em um escritório?

A produtividade dos trabalhadores remotos tem estado em debate há muito tempo. Felizmente, as capacidades atuais de home office são muito mais sofisticadas do que simplesmente fazer conversas por telefone.

Os colaboradores home office que trabalham com call center, por exemplo, têm acesso a e-mail, bate-papo, videoconferências, software de colaboração em nuvem e dezenas de outras tecnologias que agora tornam possível que o trabalho seja realizado remotamente de forma completa.

O local e ambiente de trabalho está mudando para refletir essas capacidades. À medida que mais empregos se tornam ligados a computadores e mais millennials (geração do último milênio) entram na força de trabalho, o home office se caracteriza cada vez mais como uma tendência em rápido crescimento. Mas o questionamento ainda persiste: será que o trabalho em casa é mais produtivo do que aquele realizado em um escritório?

Trabalhadores remotos podem responder imediatamente que sim, considerando ainda que o trabalho home office em call center ou qualquer outro ramo tende a favorecer o comprometimento e o cumprimento de metas. Porém há dois fatores que vale a pena serem considerados, sendo eles:

A definição de produtividade

A produtividade de uma pessoa não pode ser comparada a de outra. Empregos que se concentram em resultados mensuráveis, como o próprio call center que lida com quantidade de ligações feitas, e-mails enviados ou outros dados coletados, podem ser capazes de fornecer uma métrica de quantidade, mas isso não explica necessariamente a qualidade do trabalho.

As diferenças individuais

O trabalho home office tende a exigir profissionais mais focados e organizados, o que faz com que o quesito produtividade varie de indivíduo para indivíduo, considerando que algumas pessoas conseguem ser mais organizadas que outras. Em se tratando das atividades de call center, porém, o colaborador tem supervisão remota constante através de sua tela, dispositivos de áudio e do próprio sistema, além de receber todas as atividades que devem ser desenvolvidas assim que se loga.

Isso torna desnecessária a preocupação em ser uma pessoa organizada e motivada, abrindo espaço para que a produtividade possa surgir naturalmente à medida em que o trabalho é desenvolvido.

A grande verdade, de qualquer forma, é que o home office pode deixar um trabalhador mais produtivo. Isso, obviamente, recebe influência direta do tipo de atividade exercida e, se tratando das atividades de um call center, estudos como o realizado pela Universidade de Stanford, publicado no site Fast Company, comprovam que a premissa é verdadeira.

Você também tem que lembrar que a produtividade bruta não é o único benefício obtido por ter uma política de home office. Ter colaboradores trabalhando em casa melhora significativamente a retenção de talentos e a qualidade de vida dos mesmos, como pode ser aprendido em nosso material Como Aumentar a Produtividade de Seus Colaboradores com Qualidade de Vida.

Como pode ser notado através das informações disponibilizadas nesse post, o home office para call center apresenta grandes vantagens, tanto para a empresa quanto para o colaborador, desde que aplicado corretamente. Essa aplicação deve envolver treinamento, adequação do espaço de trabalho e outros fatores fortemente trabalhados pela Home Agent.

 

Para melhorar as soluções de atendimento ao cliente da sua empresa e a retenção de clientes, considere a terceirização de call center.

Saiba agora como viabilizar um atendimento noturno rentável na sua empresa! Baixe agora nosso e-book gratuito!

Home office proporciona mais qualidade para o atendimento aos clientes

Rolar para cima